Bruxismo

ou o popular briquismo é o hábito de ranger os dentes durante o sono ou durante o dia.

 

O que é?

 

Acordar com os músculos da mandíbula doloridos ou com dor de cabeça pode ser sinal de quem sofre de Bruxismo (ou briquismo), um forte ranger ou apertar dos dentes. O bruxismo pode enfraquecer os dentes, desgastá-los e até mesmo soltá-los.

 

 O que é a placa de mordida?

 

A placa de mordida, ou placa miorrelaxante, é um aparelho em acrílico colocado sobre os dentes para evitar desgaste dental devido ao hábito de apertar e ranger os dentes.

 

 Por que é importante tratar?

 

A freqüência e severidade do bruxismo muitas vezes estão associadas ao estresse emocional e físico. Quando noturno, o bruxismo envolve movimentos rítmicos semelhantes aos da mastigação, com longos períodos de contração dos músculos mandibulares, podendo ser a causa da dor muscular e da fadiga. Um alinhamento incorreto dos dentes e o fechamento inadequado da boca costumam estar presentes em grande parte dos casos. O bruxismo pode atingir qualquer pessoa, não tendo relação direta com a faixa etária. Portanto, é fundamental que a pessoa portadora de qualquer tipo de bruxismo deve visitar constantemente seu dentista para evitar maiores danos.

Estes são os principais benefícios ao se tratar o Bruxismo:

  • Proteger os dentes de se desgastarem;
  • Aliviar as articulações temporomandibulares (localizadas em frente aos ouvidos) contra as forças excessivas que se formam pelo não relaxamento da mordida;
  • Induzir o relaxamento da musculatura.

 

Quais são os procedimentos efetuados para se tratar?

 

É realizada a moldagem dos dentes, onde o laboratório de prótese irá confeccionar a placa em acrílico ou silicone.

Apesar da placa de silicone ser mais confortável, é menos efetiva. Seus efeitos são menos controláveis e, por serem mais porosas, retêm mais bactérias que podem causar mau cheiro. Portanto, a placa de acrílico é a mais indicada na maioria dos casos.

Assim que a sua placa estiver pronta, uma nova consulta será agendada para realizar os ajustes necessários.

 

O que acontece se eu não tratar?

 

O esmalte dentário é o primeiro a receber os danos do bruxismo, causando assim o desgaste anormal dos dentes, podendo se estender até a gengiva, causando dor. Em dentes mais frágeis, sejam eles cariados ou tratados, a fricção pode provocar quebra e fissuras. As dores de cabeça tensionais são comuns nos portadores de bruxismo. Elas surgem por contração excessiva dos músculos da mastigação, podendo atingir rosto, pescoço, ouvido e até ombros. O período crítico é pela manhã (se a contração predominar à noite) ou de tarde (se predominar de dia).

Outro problema decorrente do bruxismo é dor na articulação temporomandibular. Esta também pode sofrer estalos, travamento, restringir a abertura da boca e desviar para o lado ao abrir e fechar.